4 formas de reforçar o sistema imunitário

4 formas de reforçar o sistema imunitário

Nos últimos tempos temos nos preocupado bastante com o estado do nosso sistema imunitário. Quando este sistema se encontra forte é ele que nos impede de ficarmos doentes, termos uma vida alegre e conseguirmos fazer face aos nossos compromissos pessoais e profissionais.

Neste texto vamos partilhar consigo algumas dicas para que possa reforçar naturalmente o seu sistema imunitário.

 

Tudo começa à refeição

Já diziam as nossas mães e as nossas avós que nós somos o que comemos. E quando o assunto é o estado do nosso sistema imunitário, não podia ser mais verdade. Manter uma dieta equilibrada e apostar em alimentos ricos em vitaminas, como a vitamina C, E e ômega 3, é fundamental para mantermos o nosso organismo pronto para nos defender em caso de doença.

Para além destes alimentos podemos também reforçar o nosso sistema imunitário recorrendo a algumas especiarias. São disso exemplos a cúrcuma, o açafrão das índias ou gengibre, sem esquecer o alho e a cebola.

Usar óleos essenciais

Cada vez mais o mundo ocidental está a despertar para os benefícios destes óleos. Entre vários benefícios está também o reforço do sistema imunitário. Eles podem ser usados quer por inalação, ou também por contacto com a pele.

No Instituto Hoya colocamos à sua disposição vários óleos essenciais, que podem ser adicionados à sua massagem.

Uma boa noite de sono

Dormir bem, pelo menos 8 horas por dia, é fundamental para o equilíbrio do nosso organismo e também para reforçar o nosso sistema imunitário.

Se sofre de insónias ou tiver dificuldade em dormir, aposte em técnicas de meditação e relaxamento que lhe permitam ter uma noite mais descansada.

 

Beba chá

Os chás são também muito conhecidos pelos vários benefícios que podem trazer à nossa saúde. Não é por acaso que aqui no Instituto Hoya gostamos de receber as nossas visitas com um bom chá.

 

Sinais que o nosso sistema imunitário precisa de atenção:

Não é fácil sabermos o estado do nosso sistema imunitário sem fazermos análises, contudo em situações mais graves o nosso corpo começa a dar-nos alguns sinais a que devemos estar atentos. Estes são os sintomas principais:

  • Febre,
  • Arrepios,
  • Cansaço excessivo,
  • Náuseas,
  • Diarreia,
  • Vómitos.

Se sente alguns destes sintomas, por favor, contacte o mais rápido possível o seu médico.