Óleos essenciais: tudo o que precisa de saber!

Óleos essenciais: tudo o que precisa de saber!

Os óleos essenciais estão a explodir com a internet. Apesar de serem usados há muitos, muitos anos, nos últimos tempos temos despertado para os seus benefícios e potencial.

Para que possa tirar partido de todos os benefícios que estes pequenos frasquinhos podem trazer para a sua vida, criamos estes guia em que pode aprender tudo o que precisa de saber sobre os óleos essenciais.

 

O que são os óleos essenciais?

Os óleos essenciais, líquidos altamente concentrados extraídos de plantas. São eles os responsáveis pelos aromas tão característicos de cada uma destas plantas. Tratam-se de produtos extremamente complexos, e que podem ser usados para tratamentos de beleza, bem-estar e ajudar no tratamento das mais variadas doenças físicas e emocionais.

Eles são feitos de compostos aromáticos voláteis, e as suas propriedades físicas e químicas permitem que estes circulem rapidamente pelo ar e interajam diretamente com os sensores olfativos, que todos temos no nosso nariz.

Mas o seu uso não se fica pela aromoterapia. Os óleos essenciais podem ser usados
de imensas formas, dependendo da experiência e do benefício desejados, podendo ainda ser combinados de formas diferentes.

 

Benefícios do uso de óleos essenciais.

Dependendo da planta que lhe dá origem, estes óleos essenciais podem tratar muitos benefícios para a nossa saúde. Desde o relaxamento, ao controlo de infeções, passando até por a redução de manchas na pele e o aumento do equilíbrio emocional.

O seu uso pode representar, também, a criação de um ritual de autocuidado, que nos obriga a relaxar e a estar em contacto com o nosso Eu Interior, tão fundamental nos dias que correm.

 

Como utilizar?

Embora a forma mais conhecida seja através do olfato, existem várias outras formas de utilizar os seus óleos essenciais.

 

Pelo olfato

O nosso olfato está intimamente ligado às nossas memórias e ao nosso equilíbrio mental e emocional. Quando inalados, os óleos essenciais são rapidamente absorvidos pelos receptores nasais, que têm uma ligação direta com o sistema límbico por meio do nervo olfativo.

Pode ser feito simplesmente inalando o óleo abrindo o frasco, com recurso a um difusor ou colocando algumas gotas numa mão fechada em concha, e inalando-a.

 

Pelo contacto com a pele

Colocar umas gotas do seu óleo essencial diretamente na pele, é também um método muito eficaz para a utilização destes óleos. Pode potenciar os efeitos através de uma massagem em cima do local onde o óleo foi aplicado.

No caso de óleos mais fortes, ou para pessoas com a pele sensível, é recomendado que o óleo seja diluído noutro mais neutro, como por exemplo, o óleo de coco. O uso de um óleo vegetal também aumenta a sua absorção, especialmente na pele seca ou escamosa, pois ajuda na hidratação e retarda o tempo de evaporação do óleo.

Nunca devemos aplicar óleos essenciais diretamente sobre feridas abertas, os olhos, ou mucosas (como por exemplo, a boca).

 

Aspetos a ter em conta no momento da escolha.

Quando estiver a selecionar o óleo essencial que pretende utilizar é importante entender as diferenças entre os óleos vegetais e os orgânicos.

Os óleos vegetais regra geral não contém substâncias químicas, contudo, em algum momento do processo de fabrico podem ter tido contacto com elas. Quer seja através da platação (como, por exemplo, nos adubos), ou no processo de extração. São também geralmente menos intensos, por serem misturados com um óleo de base.

Já os orgânicos são 100% naturais, desde a sua raíz, e mais intensos, por não serem diluídos.

 

Diferentes utilizações dos óleos essenciais.

Para terminar, deixamos aqui uma lista de vários óleos essenciais, e as suas aplicações mais conhecidas. Ora veja:

  • Lavanda: reduz o stresse, melhora a qualidade do sono e tem também uma vertente cicatrizante e regeneradora.
  • Alecrim: ajuda a despertar, melhora a concentração e diminui a ansiedade. Potencia o crescimento capilar e estimula a circulação.
  • Gengibre: promove a autoconfiança, melhora a concentração, aumenta a energia. É também anti-inflamatório e analgésico.
  • Bergamota: melhora a autoconfiança e o otimismo e ajuda a equilibrar o apetite.
  • Camomila: promove a serenidade e diminui a raiva. Para além disso, ajuda a desprender das memórias passadas. Ainda reduz inchaços, alergias e picadas.
  • Manjericão: estimula a criatividade e fortalece a concentração.Tem também benefícios respiratórios, ajudando em processos de bronquite, dores crónicas, tosse, sinusite. Ajuda a tratar verrugas.
  • Tomilho: ajuda a libertar do medo, combate o esgotamento físico e emocional, e é um excelente repelente de insetos.
  • Pinho: coloca-nos em contacto com as nossas emoções e trabalha crenças limitantes. Ajuda a estar aberto para receber o amor em sua vida, e ainda combate a asma, rinite, bronquite, pneumonia e resfriados.
  • Jasmin: elimina bloqueios emocionais e ajuda a combater distúrbios relacionados à sexualidade. Estimula autoaceitação e combate a depressão.
  • Eucalipto: auxilia na assepsia de ambientes para quem tem problemas respiratórios. Ajuda a libertar a expectoração e, combate a asma, rinite, bronquite, pneumonia e resfriados. Ajuda no foco e na autoconsciência.

Visite-nos para desfrutar de uma massagem relaxante, com o uso de óleos essenciais.